Os efeitos da respiração profunda controlada nos sintomas de abstinência em fumantes dependentes

Atualizado: 8 de mar. de 2021

46-2020


Fonte: Addictive Behaviors Volume 29, Issue 4, June 2004, Pages 765-772

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0306460304000127





Este estudo foi desenhado para avaliar o efeito da respiração profunda controlada nos sintomas de abstinência do fumo. Em duas sessões de laboratório, fumantes dependentes evitaram fumar por 4 horas.


Durante uma sessão de respiração profunda, os participantes foram instruídos a fazer uma série de respirações profundas a cada 30 minutos.


Durante uma sessão de controle, os participantes sentaram-se em silêncio. A respiração profunda controlada reduziu significativamente os sintomas de abstinência do tabagismo, incluindo desejo por cigarros e afeto negativo (tenso, irritável), ao mesmo tempo que resultou na manutenção dos níveis de excitação basal (bem acordado, capaz de se concentrar).





Além disso, uma história de tabagismo pesado foi associada a maiores aumentos na excitação durante a sessão de respiração profunda.


Os resultados deste estudo preliminar sugerem que a respiração profunda controlada pode ser útil para aliviar os sintomas de abstinência de fumar.

Palavras-chave Cessação do tabagismo; Fumo de tabaco; Respiração; Suita de nicotina; Estados emocionais.


Department of Psychiatry, Nicotine Research Program, Duke University and Durham VA Medical Centers, 2200 W. Main St., B-150, Durham, NC 27705, USAbDepartment of Medicine, Smoking Research Laboratory, Duke University and Durham VA Medical Centers, 2200 W. Main St., B-200, Durham, NC 27705, USA



------


English Version


The effects of controlled deep breathing on smoking withdrawal symptoms in dependent smokers


Abstract


This study was designed to assess the effect of controlled deep breathing on smoking withdrawal symptoms. In two laboratory sessions, dependent smokers refrained from smoking for 4 h. During a deep breathing session, participants were instructed to take a series of deep breaths every 30 min. During a control session, participants sat quietly. Controlled deep breathing significantly reduced smoking withdrawal symptoms, including craving for cigarettes and negative affect (tense, irritable), while resulting in the maintenance of baseline arousal (wide awake, able to concentrate) levels. Furthermore, a history of heavy smoking was associated with greater increases in arousal during the deep breathing session. The results of this preliminary study suggest that controlled deep breathing may be useful for relieving symptoms of smoking withdrawal.



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo