Consciência corporal

57-2021


A maioria das pessoas está mais consciente das condições do tempo, da hora ou do seu saldo bancário do que da tensão em seu próprio corpo. A consciência corporal é o primeiro passo para se reconhecer e reduzir o estresse.


Durante muitos séculos, a importância dos estados corporais, do seu efeito sobre a consciência e da sua relação com o estresse foi enfatizada pelas filosofias orientais como o zen, a ioga e o sufismo.


Neste século, o trabalho de Wilhelm Reich, originalmente aluno de Freud, persuadiu a psiquiatria moderna a estudar a interação do corpo com os estados emocionais. Duas terapias modernas que se concentram no corpo e na sua relação com o estresse emocional são a Gestalt-terapia de Fritz Perls e a Terapia Bioenergética de Alexander Lowen. Ambas atuam intimamente sobre a relação mente-corpo e enfatizam a noção de que o corpo registra o estresse muito antes da mente consciente. A tensão muscular é a forma encontrada pelo corpo para informá-lo de que você está sob estresse.


Para Lowen, é inevitável deixar de tensionar o corpo quando estamos sob tensão. Quando o estresse é eliminado, a tensão também desaparece. A tensão muscular crônica ocorre em pessoas com determinadas atitudes que tendem a tensionar certos grupos musculares. Por exemplo, uma mulher que acha errado demonstrar raiva provavelmente sentirá dores e tensão crônicas no pescoço, ou um homem muito ansioso quanto ao futuro pode desenvolver problemas estomacais crônicos. Essa tensão muscular crônica dificulta a digestão, limita a auto-expressão e diminui a energia. Cada músculo contraído bloqueia o movimento.





Perls acreditava na importância de diferenciar consciência exterior e consciência interior, para separar o mundo de nossa reação física a ele. A consciência exterior inclui todos os estímulos do mundo exterior através dos cinco sentidos. A consciência interior refere-se a qualquer sensação física, sentimento, desconforto ou conforto dentro do corpo. Grande parte da tensão corporal não é sentida porque a maior parte de nossa consciência está dirigida para o mundo exterior. No inventário do corpo, você experimentará exercícios de Gestalt que visam localizar e explorar sua tensão corporal.

Inventário do corpo

O seguinte exercício respiratório favorece a consciência corporal e ajuda a identificar áreas de tensão


Vamos praticar?


Consciência e Respiração

1. Primeiramente, focalize a sua atenção no mundo exterior. Comece a perceber o que acontece do lado de fora da janela, das folhas de papel se movimentando, do café borbulhando, da brisa soprando. Em seguida focalize a sua atenção na sua respiração. nas suas sensações físicas, no seu mundo interno (por exemplo, "perceber a temperatura do seu corpo, dos ruídos em seu estômago, da tensão no pescoço, a temperatura do ar que entra pelo nariz e a condição muscular em todo corpo.)


2. Alterne entre percepção do mundo exterior e do mundo interior

Fazer momentos de pausas durante o dia e praticar este exercício, que permitirá uma avaliação da diferença entre os mundos interno e externo.

Adaptação na prática de exercícios respiratórios por Maria Eugenia Anos

Livro: Manual de relaxamento e redução de estresse / Martha Davis, Elizabeth Robbins Eshelman, Matthew Mckay.

São Paulo. Editora Summus, 1996

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo